Afetos-estações

(poesia dedicada a Gabriela David)

Projeto escrito pra você.

Na casinha de madeira batem forte os corações.
Sentimento de acolhida que desperta sensações.
Universo pequenino dos afetos-estações:
Dos invernos congelados aos vulcânicos verões.

Os afetos-primaveras são gentis e perfumados,
De sorrisos fascinantes: fortes, porém delicados.
Dos abraços mais sinceros e também mais precisados,
Dos momentos de silêncio revelando os bons pecados.

Os mais quentes dos afetos são perigosos também.
Chegam fortes, suntuosos, invadindo onde convém.
São potências criativas: levam tudo mais além.
É dos afetos-verões que os bons orgasmos vêm.

Na casinha de madeira também tem melancolia,
De introspecção serena ou de intensa ventania.
Solidões conectadas a qualquer hora do dia.
Para os afetos-outonos é daí que vem magia.

E se os afetos-invernos podem ser alucinantes
Por serem tão poderosos, paralisando os instantes,
Respirar é necessário, como nunca feito antes:
Inspirando os ares frios, porém tão reconfortantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s