Arquivo do mês: setembro 2010

10 coisas que eu odeio em você

Odeio o modo como fala comigo e a forma como você me corta.
Odeio como dirige minha vida.
E odeio como se comporta.
Odeio os óculos que não te fazem ver e como consegue cansar minha mente.
Eu odeio tanto isso em você, que até me sinto doente.
Eu odeio como “está” sempre certo.
E odeio quando você mente.
Eu odeio quando me faz rir muito, e mais quando me faz chorar.
Eu odeio quando está por perto, e o fato de me ignorar.
Mas eu odeio principalmente, não conseguir te odiar.
Nem um pouco, nem mesmo por um segundo, nem mesmo só por te odiar. Eles não deixam.

Por ora fica assim.

10 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Farol e Furacão

Esses dias estive no consultório do meu médico e, para variar, fiquei 40 minutos aguardando para ser atendido (com hora marcada). Contudo, dessa última vez foi muito mais divertido. Havia três crianças na sala de espera: Bernardo (o Bebê), sua irmã mais velha Isabela (a Bela) e um outro garoto, Artur, mais ou menos da idade do Bebê. Leia mais.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Pipocas até quando?

Turma dos excluídos de "Glee"

Comecei a assistir à série Glee, e estou gostando muito. Nada muito inesperado para alguém que adora as histórias mais-que-clichê da turma excluída ou da garota feia que faz e acontece e se dá bem no final. Talvez porque uma das características que considero mais fortes em mim é a que eu chamo, por falta de vocábulo melhor, de inclusividade. Continue lendo.

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Dias de visitas

Professores do curso e elenco de "Dias de visitas"

Ontem, às 20h, apresentei com o Grupo Divulgação o espetáculo Dias de visitas, de José Luiz Ribeiro, inspirado no poema Antiguidades, de Cora Coralina. No elenco, os amigos de GD e os universitários e adultos que se inscreveram para o curso de Introdução ao Teatro. Uma história simples e gostosa, contada com o apoio generoso do público. Leia mais.

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Festival de Teatro JF – Parte V

Post final sobre o 4º Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora. Como acabou a oficina, poderei me dedicar apenas à premiação e apresentações da noite de encerramento. Começamos com a intervenção artística Por Hamlet, na porta do Cine Theatro Central. Quando cheguei, já tinha começado, mas basicamente era uma performance do ator Gabriel Bittencourt. Não consegui entender a relação com o título, que, diga-se de passagem, gera um cacófono estranho com a obra shakespeareana. Continue lendo.

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Festival de Teatro JF – Parte IV

O último dia de oficina começou com o Alexandrino fazendo uma chamada e falando um pouco de cada aluno. Ele disse que eu e Ana Paula nos destacamos pela seriedade do nosso trabalho, falou que vamos ter sucesso no que escolhermos fazer. Tomara que esteja certo! Eu falei para ele do blog e acho que ele vai aparecer por aqui (que medo!). Continue lendo.

6 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Festival de Teatro JF – Parte III

O terceiro dia de oficina foi um domingo, e eu descobri que realmente não dá para depender de ônibus nesse dia. Acabei chegando uns 20 minutos atrasado para as atividades, que começaram mais tarde, às 8h30. Peguei no meio uma discussão sobre a liderança no teatro. O Alexandrino não acredita em um único líder, mas na liderança coletiva dentro do teatro. Todos deram opiniões e depois começamos o aquecimento (eu achei que tinha perdido, ainda bem que não!). Continue lendo.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized